Edição Nº: 5278 - Domingo e Segunda-Feira, 25 e 26 de Outubro de 2015.
 
Diz estar sendo perseguido e nega que veículo de transporte escolar não possui condições

L.P.C., responsável pelo transporte escolar da Escola Walter Elizalde, comparece na repartição policial onde registra que os professores da escola redigiram uma ata dizendo que o transporte escolar não possui condições. Ocorre, segundo informa, que o veiculo por ventura estraga em virtude das péssimas condições das estradas rurais. O comunicante informa que o fato narrado na ata não corresponde com a verdade. Acredita que está sendo perseguido pelo secretário da Educação A.B.S., e pelos professores, F.R., C.M., e M.N.M.G., diretor da escola. A ata foi escrita pela professora P.S., e não contou com a presença do comunicante. Faz o presente registro pois está se sentindo discriminado de forma pessoal e também sente que sua empresa está sendo discriminada.
Ainda, segundo ele, na ata constam assinaturas de menores sem a presença dos pais.

 
< Página Principal 
 
Folha de Quaraí O Jornal da Comunidade
Av. Artigas esq. Fco Carlos Reverbel - Quaraí, RS
Telefone: (55) 3423-5593 - Todos os Direitos Reservados ® 2011 - 2017
Tecnologia Web: Franco Sampaio Tecnologias de Informação