Edição Nº: 5333 - Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2016.
 
Argentinos movimentam a sexta-feira na Fronteira da Paz

Secretária de Trânsito, PF, PRF e Brigada Militar operam na movimentação de estrangeiros que passam pela fronteira. Na manhã de sexta-feira (15), a equipe do Jornal A Plateia deslocou-se até o entorno do novo centro de atendimento ao turista na Rua Silveira Martins e da sede da Polícia Federal, onde a movimentação de estrangeiros era alta, natural para essa época do ano.
Nas estradas também a cautela é grande, desta forma a Polícia Rodoviária Federal trabalha na fiscalização e em vigília nas rodovias federais, caminhos para os Argentinos e Uruguaios que procuram o litoral do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Nas estradas
Em entrevista, o Inspetor Chefe da 11º Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, Cristiano Vasconcelos da Silva ressaltou os cuidados para que os veranistas tenham um ótimo deslocamento e retorno do litoral, “o principal conselho a todos que vão viajar nesta época de forte movimentação nas estradas da região é dirigir com muita cautela, respeitando os limites de velocidade e prestando atenção no limite exigido em cada trecho da estrada, para assim terem uma viagem tranquila”, salientou a autoridade.

Trânsito urbano
Em frente a Delegacia da Polícia Federal, os agentes de trânsito da Secretaria de Trânsito Mobilidade Urbana auxiliaram os argentinos e uruguaios, orientando os turistas não só ao estacionar de forma correta, evitando parada de ônibus ou locais impróprios, mas também indicando a rota para chegar a BR-158 (rodovia de acesso ao litorial).

Mantendo a ordem
A Brigada Militar através da Patrulha Montada esteve no local em momentos de maior número de turistas, desta forma, os militares seguem a filosofia de trabalho, na qual a visibilidade é uma arma da Polícia Militar para evitar tumultos em locais de maior aglomeração de pessoas.
Federais em prontidão
Em entrevista recente, o Delegado da Polícia Federal, Alessandro Lopes, destacou que os profissionais estão prontos para a realização dos trâmites de migração que tornam a entrada legalizada do turista no território brasileiro. Sobre este assunto, a autoridade da Polícia Federal salienta “o sistema é muito rápido para quem já possui o documento no padrão novo do Mercosul e passa por uma leitora que capta todas as informações do documento durante a realização do trâmite de entrada, já para quem não possui esse documento, é feita uma inclusão manual de todos os dados dos viajantes no sistema, havendo assim uma natural lentidão”, afirmou Lopes, que acrescentou ressaltando a forma para proporcionar um maior conforto para as famílias que entram no Brasil por Livramento, e que, através da ACIL, o Centro de Recepção aos Turistas vai apoiar as pessoas que esperam o atendimento. “Estamos em parceria com a ACIL, que nos procurou e tratamos sobre o tempo de espera dos turistas, assim proporcionamos um local de acolhimento as famílias, enquanto é realizada os trâmites de migração”, finalizou o Delegado da Polícia Federal.

Por dentro do
Centro de Recepção
ao Turista
Um número grande de turistas circulava dentro e fora do Centro de Recepção ao Turista, no interior, lotado, os estagiários orientavam as pessoas que ali estavam e procuravam ajuda para se hospedar na cidade ou mesmo como seguir viagem. A equipe do Jornal A Plateia também conversou com o presidente da ACIL, Sérgio Oliveira, que operava no local no apoio aos turistas salientou, “este local foi elaborado para atender as famílias que esperam e lotavam quadras nas calçadas, onde ficavam em sua maioria no sol, esperando para serem atendidas. Agora, a ACIL realizou a aquisição de uma máquina de Ticket que ajuda na organização do atendimento”, explicou Sérgio Oliveira.

 
< Página Principal 
 
Folha de Quaraí O Jornal da Comunidade
Av. Artigas esq. Fco Carlos Reverbel - Quaraí, RS
Telefone: (55) 3423-5593 - Todos os Direitos Reservados ® 2011 - 2017
Tecnologia Web: Franco Sampaio Tecnologias de Informação