Edição Nº: 5343 - Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2016.
 
Prefeito de Livramento reduz o próprio salário e dos secretários

O prefeito Glauber Lima tem que reequilibrar a relação receita versos gasto com pessoal, cujo limite máximo permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal é de 54% da Receita Corrente Líquida.
No relatório quadrimestral, referente ao período de setembro a dezembro de 2015, o município atingiu 56,12% de gasto com pessoal, exigindo do chefe do poder executivo novas medidas para conter a crise. Glauber afirmou que esse é o pior momento que os municípios estão vivendo na última década, com diminuição de repasses constitucionais da União e do Estado, desequilibrando as contas e provocando o colapso dos serviços públicos.
Diante desse quadro, o prefeito decretou a diminuição do próprio salário em 15% e dos secretários municipais, diretores presidentes e demais diretores de autarquias, secretários executivos, diretores de departamento técnico, administrativo ou operacional e assessores técnicos de nível superior em 10% a partir de fevereiro, além de determinar a exoneração de 20% dos cargos em comissão (CCs). Além disso, decretou a eliminação das despesas com horas-extras.
Glauber enfatizou que todas as prefeituras estão sofrendo duramente com a diminuição dos repasses, uma vez que planejaram seu custeio e investimentos em cima de uma projeção de transferências constitucionais do Governo Federal e do Governo do Estado que não se realizou em 2015. “Somente a Secretaria da Saúde do Estado deve a Livramento quase R$2 milhões em compromissos assumidos e não cumpridos. Assim fica insustentável manter integralmente os programas que temos na Atenção Básica, como a Estratégia de Saúde da Família”, frisou o prefeito Glauber Lima.


 
< Página Principal 
 
Folha de Quaraí O Jornal da Comunidade
Av. Artigas esq. Fco Carlos Reverbel - Quaraí, RS
Telefone: (55) 3423-5593 - Todos os Direitos Reservados ® 2011 - 2017
Tecnologia Web: Franco Sampaio Tecnologias de Informação