Edição Nº: 5347 - Domingo e Segunda-Feira, 07 e 08 de Fevereiro de 2016.
 
Tudo certo para passar uma boa impressão

Chegue bem e equilibre o tempo
Cuidado com a primeira impressão que deixa quando entra na sala reunião, atentando para diversos aspectos, como o gestual, a roupa e o olhar. Equilibre o tempo como uma conversa. Geralmente, o entrevistado gasta 70% do tempo falando dele; 30% são do entrevistador. Uma boa dica é quebrar o gelo logo de cara. “Sempre quando se entra em entrevista há uma espécie de temor ou receio, então, é bom quebrar essa inércia inicial. Alguns sugerem piadinha, futebol, falam sobre o tempo. Mas melhor que isso é dizer: ‘Olá, muito prazer. Vim para conversamos sobre essa possibilidade de emprego’”, recomenda o consultor de carreira Bernt Entschev.
Prepare-se
É esperado que o candidato se apresente — antes, faça testes na frente do espelho. Procure se apresentar em dois minutos, com um resumo daquilo que é significativo. Depois que fizer isso, se coloque aberto às perguntas. Se prepare para responder perguntas sobre o que pretende estar fazendo em alguns anos e se tem defeitos. Busque listar coisas que gostaria de fazer e alguns desafios que pretende encarar e, para a segunda questão, não coloque como defeitos, mas como pontos de melhoria. “Afinal, todos nós podemos melhorar. E, em alguns casos, umas competências mais que em outras. O importante é ser autêntico e verdadeiro”, explica Gislene Isquierdo, da Sociedade Brasileira de Coaching.
Consulte, e
agradeça depois
Infelizmente, grande parte das empresas não respondem ao candidato como ele se saiu na entrevista. São muitos os currículos e entrevistas e isso pode ser um dos motivos. Mas, se em duas semanas não receber ligação de retorno, ligue de volta ou mande e-mail.
Demonstre
responsabilidade
“Quanto mais informação em uma roupa, mais informal ela é”, lembra a consultora de imagem Liliane Lau. Procure se informar a respeito do dress code da empresa e não fuja disso nesse primeiro momento. Escolha cores mais neutras e discretas. Devem prestar atenção no que você tem a dizer e não no que veste. “Depois que estiver dentro da empresa, o funcionário avalia o ambiente para ir medindo e inserindo mais personalidade nas suas roupas”, diz.

 
< Página Principal 
 
Folha de Quaraí O Jornal da Comunidade
Av. Artigas esq. Fco Carlos Reverbel - Quaraí, RS
Telefone: (55) 3423-5593 - Todos os Direitos Reservados ® 2011 - 2017
Tecnologia Web: Franco Sampaio Tecnologias de Informação