Edição Nº: 4621 - Terça-Feira, 26 de Fevereiro de 2013
 
Gerente esclarece sobre a falta de “entrega” em alguns locais

Frequentemente moradores dos novos loteamentos da cidade reclamam do não recebimento da correspondência, realizada pelo serviço dos Correios. Pensando nisso, a FOLHA DE QUARAÍ entrou em contato com o gerente do Correios de Quaraí, Anatalio Romeiro, para o devido esclarecimento sobre este problema.
Segundo o gerente, há locais em que o Correios não faz entrega, principalmente naqueles loteamentos novos, pois quando foi feito o distritamento eles não existiam. "O que ocorre em Quaraí é o seguinte, existe o SD -Serviço de Distritamento-, que faz o mapeamento das ruas da cidade e todos os dados são lançados, como por exemplo, número de ruas e quantidade de entregas, aonde o sistema vai definir quantos carteiros se necessita por local e quanto tempo os mesmos vão levar para entregar”.
O problema, segundo Anatálio Romeiro não ocorre só em Quaraí, mas em vários locais que estão expandindo suas áreas. "Não é problema de Quaraí, a agência não pretende prejudicar o município e nem eu como gerente, e me coloco no lugar destas pessoas que moram nos loteamentos novos que gostariam de receber sua correspondência, já que todo mundo recebe, só que é um procedimento, enquanto não houver outro distritamento em Quaraí para incluir estes novos loteamentos, não será feita a entrega.
 Infelizmente não posso fazer nada", afirmou o gerente do Correios.
O Correios só é obrigado a entregar dentro do padrão do que ele precisa entregar, conforme a Lei Postal 6.538, é necessário que as ruas sejam bem numeradas , fácil acesso e que tenham indicação de placas com o nome das ruas, e se isso não existir o Correios não realiza a entrega. "Sei que nestes loteamentos novos tem placas com o nome das ruas nas esquinas, mas não se faz a entrega porque não consta no nosso distrito", diz Anatalio.
Brasília, capital do país, é onde está localizado o Departamento de Cartas na qual determina os distritos. Enquanto o departamento de cartas de Brasília não decidir criar um novo distritamento na cidade, para cadastrar os locais de expansão do município, o carteiro não poderá entregar nestas novas localidades.
O gerente da agência de Quaraí aproveitando a oportunidade ressaltou que vai oficiar a Prefeitura e a Câmara de Vereadores, para que comuniquem os novos nomes das ruas para que o Correios se direcionem melhor, pois no ano passado foram colocados nomes nas ruas que não tinham e houve problemas com remetentes que mandavam para os endereços novos e estes não estavam cadastrados no mapa.
Diante disso, a reportagem perguntou ao gerente: "E se fosse feito um mapeamento e mandado para Brasília. Haveria uma possibilidade de fazerem um novo distritamento?" O gerente Anatalio Romeiro respondeu, que: "Os Correios iria observar se as ruas estão bem sinalizadas, numeradas, um lado par e outro impar, placas indicando o nome da rua e acessibilidade, pois a própria lei postal garante o direito de não entregar aonde houver perigo a vida do carteiro. Locais com 20 m de distância da via pública, o carteiro não é obrigado a entregar, assim como prédio de coletividade, nestes locais deve haver caixa de Nestes locais que não estamos realizando entrega, posso dizer que este problema só será resolvido no momento em que o departamento de cartas de Brasília tomar uma decisão”, finaliza.


 
< Página Principal 
 
Folha de Quaraí O Jornal da Comunidade
Av. Artigas esq. Fco Carlos Reverbel - Quaraí, RS
Telefone: (55) 3423-5593 - Todos os Direitos Reservados ® 2011 - 2017
Tecnologia Web: Franco Sampaio Tecnologias de Informação