Edição Nº: 4922 - Terça-Feira, 13 de Maio de 2014.
 
Ágata 8 mobiliza as Forças Armadas na região fronteira

 As Forças Armadas iniciaram na manhã de sábado (10) a Operação Ágata 8 em toda a extensão da fronteira brasileira com os dez países sul-americanos, o equivalente a 16.886 quilômetros. Este ano, a ação conta com 30 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. Além desse total, participam agentes das polícias federal, rodoviária federal e militar, bem como profissionais de agências governamentais. A Ágata é a maior mobilização realizada pelo Estado no combate aos ilícitos de Norte a Sul do país, entre Oiapoque (AP) e Chuí (RS).A operação é parte do Plano Estratégico de Fronteiras (PEF), criado por decreto da presidenta Dilma Rousseff, em junho de 2011. Acontece sob a coordenação do Ministério da Defesa e comando do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA). A execução cabe às Forças Armadas. Antes de a operação ser deflagrada, o governo brasileiro manteve contato com os países vizinhos para o repasse de informações sobre o emprego do aparato militar.
Unidade Militar
O 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado está participando da Operação com praticamente todo o seu efetivo militar, reforçada por órgãos de Segurança Pública e de fiscalização, agindo direta e indiretamente em prol das ações a serem realizadas.O Regimento está estabelecendo Postos de Bloqueio e Controle de Estradas (PBCE) nas rodovias que demandam à cidade de Quarai, na BR 290 e realizando patrulhamento ao longo do Corte do Rio Quaraí e das estradas adjacentes, atuando nas revistas em veículos, pessoas e embarcações.O Comando da Unidade solicita à população em geral a desejável compreensão para eventuais transtornos que a Operação poderá causar, certo de que os benefícios pretendidos com a mesma trarão uma contrapartida compensadora e ressalta que a tropa estará em situação de real emprego, não se tratando de exercício para adestramento do pessoal.Durante a mobilização, militares estarão atentos aos principais crimes transfronteiriços como narcotráfico, contrabando e descaminho, tráfico de armas e munições, crimes ambientais, contrabando de veículos, imigração ilegal, problemas indígenas e garimpo.


 
< Página Principal 
 
Folha de Quaraí O Jornal da Comunidade
Av. Artigas esq. Fco Carlos Reverbel - Quaraí, RS
Telefone: (55) 3423-5593 - Todos os Direitos Reservados ® 2011 - 2017
Tecnologia Web: Franco Sampaio Tecnologias de Informação